02 novembro, 2010

Coisas que atraem e boas surpresas

Amigos e amigas, cúmplices (co-autores) deste blog, damas e cavalheiros em geral: quero contar aqui uma experiência nova pela qual estou passando atualmente; para isto, vou aproveitar o gancho do assunto de interesses e do que faz a gente se apaixonar.

1ª parte:

Como disse nos comentários aos posts sobre o assunto, tem muitas coisas que me chamam a atenção de primeira numa mulher. Se eu já não falei, falo agora: uma das primeiras coisas que noto é o cabelo - tem os tipos preferidos, mas o que importa mesmo é ter um ccabelo bem cuidado. Até porque meu apurado tato aprecia a textura dos cabelos macios e sedosos. Outra coisa que sempre vejo são as sombrancelhas: bem desenhadas, ressaltando os olhos, são muito atraentes. Em termos de corpo, me chama atenção a proporcionalidade, as linhas bem-desenhadas e equivalentes - não preciso descrever em detalhes, né? Ah! E trejeitos, manias e covinhas no rosto. São absolutamente encantadoras! XD

Tudo isso eu não tinha dito (acho) sobre a parte física. São coisas que me atraem. Mas vale salientar que pra mim o físico, a aparência, a adequação a padrões gerais de beleza, tudo isso vem em 2° ou 3° plano. E em 1°? Bom, pra mim, o essencial é ter uma boa cabeça e uma compatibilidade de ideais. A afinidade com um ideal já é algo que me desperta muito interesse.

Mas tem uma característica do jeito de ser que chama muito minha atenção e da qual já falei: a personalidade. Ela pode se revelar de muitos jeitos e de muitas maneiras, desde uma sombrancelha levantada até um jeito de usar a voz, de uma colocação a um simples olhar direto. O importante é ter e exercer uma personalidade afiada, forte - em algum ponto. Não existe um ser humano 100% seguro, e se existisse seria orgulhoso demais pra se conviver. xD

E tem uma coisa que pode ser relacionada à personalidade que sempre foi um fator que desperta minha atenção e, em boa parte dos casos, uma paixão: saber que a moça está a fim de mim. Eu sou meio prático em assuntos românticos, pra mim não compensa investir demais em quem fica fazendo doce. Sou impaciente também. E isso ajuda a explicar. Mas tem algo além: a sensação de ser amado. Isso é muito bom, e bom demais pra ser desprezado! Se alguém me oferece isso, não vejo como pelo menos não pensar na hipótese de corresponder - desde que eu não esteja compromissado com uma outra pessoa, claro! XD Eu sou monogâmico convicto.

2ª parte:

Aqui entra a boa surpresa. Estou vivendo uma experiência nova que está sendo muito boa, e tudo começou despretensiosamente.

Começo já falando da minha raiva e avisando as mulheres: damas, eu sei que vocês tem esse abismo mental que separa amigos de possíveis amores, mas NÓS HOMENS NÃO TEMOS ISSO. E pra falar bem a verdade, quando estou solteiro eu procuro fazer amizade é com moças por quem vejo que pode surgir algum interesse, porque pra mim esse é o começo de tudo: uma amizade sincera, a cumplicidade, o interesse pela vida do outro.

Pois bem, assim começou. Uma amizade. Nos conhecemos faz tempo, sempre conversamos um pouco, mas de julho pra cá eu passei alguns momentos críticos... E as conversas foram ficando cada vez melhores e me ajudaram muito.

De três a quatro semanas atrás pra cá isto se intensificou num nível impressionante. E eu fui descobrindo na minha amiga uma pessoa que eu ainda não conhecia... Uma mulher companheira, inteligente... E de repente percebi o amor dela. E o amor dela era simples, puro e intenso ao mesmo tempo.

De repente, eu percebi que sorria quando ela falava coisas que me tocavam fundo. E depois percebi que esse sorriso era completamente diferente do meu sorriso comum: não era algo de fora pra dentro, pra mostrar ou fingir uma condição alegre, não! Esse nascia de dentro e acabava surgindo na minha boca, mesmo que eu não quisesse mostrar.

E eu gostei desse sorriso. E eu gostei desse amor. E ela não precisou se declarar pra eu perceber tudo, porque a essa altura o amor já existia também em mim, por ela. E aí eu é que me declarei! E, sem surpresa mas com felicidade genuína, tive a confirmação de que era correspondido.

E enfim, assim aconteceu. Hoje (dia 01/11) faz 1 semana e 1 dia que estamos namorando. Confesso que o amor que tenho por ela é a cosa mais estranha, e ao mesmo tempo mais gostosa e prazerosa, realizante, que já senti. E esse amor é aquele que dá a certeza e a segurança necessárias pra gente mergulhar de cabeça mesmo tendo alguns quilômetros e muitos desafios pela frente. É um amor sem motivo ou argumento, que simplesmente existe, e por isso resiste a qualquer argumento ou motivo. Um amor que brotou, nasceu, criou raízes, e que eu espero que fique aqui pra sempre, crescendo e se tornando uma árvore que dê bons frutos.

E esse é meu testemunho! XD Um interesse começou assim pra mim, e pode começar assim pra você, cavalheiro, ou pra você que é dama - especialmente se você subir o muro que separa os amores dos amigos e der uma espiada nos bons amigos por outro ângulo... Mas esse é um assunto pra outros tópicos.

Ah! E a quem interesse saber, o nome dela é Talita. E eu a amo. *_*

5 comentários:

  1. *-*

    nossa, q lindo, amei mor *-*

    to sem palavras XD

    simplesmente amo vc

    bjão

    ResponderExcluir
  2. *anota no caderninho*

    he he he...

    ResponderExcluir
  3. "NÓS HOMENS NÃO TEMOS ISSO" - fica registrado o meu apoio irrestrito à essa verdade.

    Mateus mandando bem sempre!
    Parabéns brother!! Quero conversar contigo depois, viado, nem me contou hehe.

    E sinto que os que estão sempre presentes (visitante e cúmplices) nesse blog deveriam (nós) sentar numa sala e conversar a noite toda. Fica registrado o desejo =p.

    ResponderExcluir
  4. Tem muita gente que prefere meninas, molecas e só mulher, mas eu pessoalmente gosto das novas que dão um ar de beleza de mais velhas. Não tem como, esse tipo de encantamento é da pessoa e não dá para ser copiada. Quanto a personalidade, sem complexos, sociavel, compreensível e por favor, matura. Mas no fim, desde que fiquemos felizes algumas coisas ou mesmo defeitos ficam de segundo plano, mas que esses defeitos não venham a causar problemas no namoro, afinal uma pessoa que não faz sua parte no namoro, simplesmente não tem maturidade para sustentar a coisa.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que história legal. Eu não concordo em todo com 'o abismo mental' não, mas gostei do adjetivo. Acho que é difícil generalizar, dizer que todas as mulheres são assim, ou que todos os homens são assado. Existem mulheres que sabem ter amigos/amigos e as que também vêem em 'todos' os amigos, um namorado em potencial. Assim como isso também é verdade em homens, porque eu conheço uns assim.
    Eu acho mesmo que é a gente tem que estar aberto para as possibilidades. Se elas forem boas (levando em consideração que boas abrange muita coisa) não há porque não investir.

    ResponderExcluir

Damas e cavalheiros, por favor sejam educados, ponderados e não cometam nenhum crime em seus comentários.
Os comentários são submetidos a seleção e aprovação, portanto não fique triste se o seu não for exibido.
Agradecemos,
Equipe do DvC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...