28 dezembro, 2010

17 - CONCORDEM OU DISCORDEM... E MANIFESTEM-SE!

Cá estou eu. Feliz Natal, ano novo e tudo mais.

Eu não tenho postado no blog ultimamente porque queria folga pra mim e dar folga aos amigos autroes e leitores, mas acho que já deu pra descansar um pouquinho e pra cansar da inatividade; então, vamos lá:

*** Questão pura, simples e direta. EU QUERO SABER: Concordam ou discordam da tirinha abaixo?




P.S.: Para ver a tirinha, clique sobre ela que ela vai aumentar de tamanho.

Mais uma vez, peço ENCARECIDAMENTE que comentem, concordando, discordando e apontando as verdades e mentiras. Especialmente vocês, mulheres. Porque? Porque é de extrema importância para todos os homens saber disto - especialmente os nerds.

É finitto.

6 comentários:

  1. Concordo... e parece minha EX :P que fico trancafiada o tempo todo no mundinho dela e ainda tá.

    ResponderExcluir
  2. Opinião feminina sobre a tirinha =)

    FATALITY

    Cara isso foi cruel. Fiquei com dó do carinha da tirinha. Mas gente, existem pessoas e pessoas e dp q eu vi na veja q a lady gaga foi eleita a mulher mais bem vestida de 2010 nem comento mais nada...Hj em dia o povo quer saber de curtição, aproveitar o momento. Parece q se esqueceram do sentimento, do amor verdadeiro. Até pq é mais cômodo vc ficar com 15 a cada micareta q vc for do q vc estabelecer um relacionamento serio com alguem. Eu gosto de estabelecer um equilibrio entre as coisas e situações. Num relacionamento tb gosto de jogar aberto, ser sincera nas minhas satisfações e insatisfações. Ou seja: falo na caruda msm rs até pq acho picaretagem enganar o outro. mas parece q o povo não ta assim .... =(

    vou deixar um video q complementa a tirinha q mor deixou

    http://www.youtube.com/watch?v=xHRmQm26StU&NR=1

    e mor parabéns pelo tópico. *-*

    amo vc

    =*

    ResponderExcluir
  3. Olá! Fazia tempos que não vinha aqui e fiquei feliz de vir e ver que tinha post novo.
    Bem, eu acho, pra permanecer no cliché, tudo muito relativo. Há mulheres que gostam, sim, dos idiotas, mas há também as que gostam dos nerds. FATO!
    Não há como se modelar a um padrão e achar que ele vai garantir a conquista de qualquer mulher. É bem perigoso querer bancar o 'idiota' quando se é um 'nerd' e vice-versa.
    Ser forçado é pior do que ser 'idiota' ou nerd.

    E pra complementar, a menina da tirinha foi bem cruel mesmo. rs

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a tirinha.

    A julgar o texto apenas eu diria que o carinha é meio acovardado diante da vida, mas, conjugando com a imagem da menina meio depressiva puxando a emo eu devo concluir que ela teve uma visão muito pessimista da situação toda. Ainda que o que ela disse seja veridico como fato que ocorre com muitas pessoas. Eu entendi que ela optou por uma visão agressiva para com ele e pessimista dos fatos.

    ResponderExcluir
  5. Então,

    Está tarde da noite, então, talvez, por isso, eu mesma me perca nas minhas falas... rs

    Bom, achei cruel, e, na verdade, fiquei na dúvida:

    Após a menina dizer q ia sair com o namorado, o "amigo" resolve se declarar?
    Será que ele não deveria ter feito isso antes que o "outro" surgisse? Mesmo recebendo o temido "não", o que ele fez tanto tempo (nem sei o tempo, rs só imagino...) com todo esse sentimento? Isso é hora de falar? Ou de calar... rs Sei lá...

    E a menina, ao invés de pelo menos fingir surpresa com tal declaração, nãoo, veio com esse tanto de alfinetadas (são facadas mesmo) dizendo coisas terríveis. Cada pessoa é única. Tem seus gostos, suas manias...

    Mesmo se ela pensasse tudo isso... Falar? E logo nesse momento?
    Ahh estou muito questionativa... rs

    Quem desdenha quer comprar? rsrsrs Até isso passou em minha mente... Talvez a pobre coitada somente esperou alguma atitude dele ANTES... rs


    Enfim, são suposiçoes...


    rs
    Acho que começa por aí... (filosofia da madrugada).
    Por que ele não conversou com ela antes?

    ResponderExcluir
  6. Bom, a tirinha postada retrata o clássico nerd reprimido melancólico.
    Acontece que, assim como no passado haviam os românticos propriamente ditos que passavam toda a vida delirando e adoecendo por uma mulher que jamais teriam a coragem de se aproximar, para não macular sua pureza, hoje em dia existem os resquícios desses homens (ñ necessariamente homens).
    Muitos, ao passar por determinadas experiências durante o seu desenvolvimento, acabam por ñ encontrar um lugar lógico no qual se encaixam nesse mundo, o que faz com que não tenham uma identidade bem definida, enquanto vêem tantas outras pessoas que se sentem muito bem com suas vidas. Esses indivíduos invejam os que ñ tem problemas em se reconhecer e acabam por desejar ñ serem eles próprios, o que os leva a procurar por uma outra vida que não seja a deles.
    Muitos encontram o que procuram em um vídeo-game; outros se encontram em um filme, seriado ou desenho; já alguns se acham em uma situação utópica de um provável "amor impossível". Todos, no entanto, se encontram em uma situação similar: a de não conseguirem viver mais sem o novo mundo que encontraram, ou criaram!
    Ou seja: o fato de um garoto(a) ficar sempre preso a uma paixão unidirecional doentia por uma outra pessoa ñ significa que ele realmente queira desenvolver algo com a pessoa que ele pensa amar, mas na verdade é apenas um espaço que ele criou no mundo para que sua vida utópica faça algum sentido.
    Viver em função de sofrimento não é algo tão incomum assim, afinal, muitos dos grandes escritores que a maioria de nós admira foram pessoas que jamais tiveram um caminho resolvido para trilhar: Cecília Meireles, Manuel Bandeira, e muitos outros poetas e poetisas que andaram na sombra por tanto tempo!

    Gostaria de concluir dizendo que: a vida é muito mais do que o óbvio e muito menos do que o ilógico, basta morrermos uma ou duas vezes para percebermos que "As pessoas não morrem, ficam encantadas" (Guimarães Rosa, que também nos contou que: "Quando escrevo, repito o que já vivi antes.
    E para estas duas vidas, um léxico só não é suficiente.
    Em outras palavras, gostaria de ser um crocodilo
    vivendo no rio São Francisco. Gostaria de ser
    um crocodilo porque amo os grandes rios,
    pois são profundos como a alma de um homem.
    Na superfície são muito vivazes e claros,
    mas nas profundezas são tranqüilos e escuros
    como o sofrimento dos homens."

    Atenciosamente: Pedro Lança Gomes (Um dos autores de um grupo secreto que um dos escritores desse site deseja entrar: pra mim ela parece bem vinda)

    ResponderExcluir

Damas e cavalheiros, por favor sejam educados, ponderados e não cometam nenhum crime em seus comentários.
Os comentários são submetidos a seleção e aprovação, portanto não fique triste se o seu não for exibido.
Agradecemos,
Equipe do DvC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...